domingo, 26 de setembro de 2010

Santos e Loucos.

Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso(...).Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.

Loucos e Santos (Óscar Wilde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário