sábado, 14 de agosto de 2010

trust.

não. eu não vim aqui copiar uma postagem qeu vocês porventura viram em outro blog.
não. eu vim aqui para falar sobre confiança.
não confiança em si mesmos, afinal nem mesmo eu sei o que é isso.

confiança é algo que se demora anos para conquistar, e quando perdida pode ser para sempre.
confiança é algo que não podemos arriscar uma vez sequer. quanto menos várias vezes -como eu fiz.
é. vou falar sobre mim.
não tenho como julgar os outros não é mesmo ?
perdi a confiança -mais uma vez- da pessoa mais importante do mundo pra mim.
minha mãe.
é, ela mesma.
mãe é a mesma a sua vida toda, e isso não vai mudar nunca.
em nenhuma geração do futuro vai ser, nem do passado foi ou do presente é diferente.
mãe é uma só, e a confiança dela também.
por mais que ela te ame mais que tudo no mundo, a confiança dela é a mais difícil de se recuperar. mas porque ?
não sou nenhuma psicóloga, ou especialista no assunto mas digo que é por qeu ela te deu a luz!
foi ela que te pôs no mundo.
e se você tem coragem de trair a confiança da pessoa que te deu a vida, o que será que faria com pessoas que não tem aprentesco algum com você ?
é por isso que ela é a masi difícil de todas!
na maioria das vezes, quando você trai a confiança de uma amigo, colega, professor ou sei lá você pede desculpa, diz que se arrependeu, e promete que nunca mais vai repetir o erro -mesmo que não seja verdade.
mas você vai falar isso pra sua mãe ?
claro que vai. vai falar isso mas vai se sentir mal pra caramba. vai se sentir a pior pessoa do mundo, ou pior ainda -se é que é possível, mas você vai.
eu me senti assim essa semana.
ainda não acredito que fiz isso denovo. acho que já é a 5ª vez que faço isso, nem sei mais.
mas dessa vez foi diferente.
sabe quando você pensa: "dessa vez vou fazer do jeito certo, dentro das regras, do jeito certo!" ?
foi assim.
mas deu errado, DENOVO!
e nem foi na sexta-feira 13.
foi antes.
eu sei que posso confiar nela, e no meu pai, mas é estranho falar sobre garotos dentro de casa. principalmente por que todas as vezes que tento falar sobre isso com ela, ela me corta, fala que tá cedo demais, que não tenho cabeça pra isso, etc.
e agora por causa desse erro idiota:
-ela não confia mais em mim;
-acha que fiz 1001 coisas erradas;
-meu pai vai em matar;
-ela tem vergonha de mim;
-ela me acha um erro;
- e ele não fala mais comigo, oq ue é pior que tudo!
justo ele que tinha que me apoiar agora, nem um SMS eu não recebi, tweet, depoimento perguntando se eu estou bem. NADA!

não sei o que está contecendo, não sei o que faço, não sei se continuo vivendo, não sei se...
não sei se volto mais aqui.


pelo menos por um tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário