quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Lies

Acredita em mim. Por favor!
Mentira tem sim perna curta, todos os seus atos têm consequências. E quando você faz algo errado... espere o pior. Aliás, espere pior ainda.
Eu sempre achei que eles nunca iam descobrir. Que eu conseguiria esconder pra sempre as merdas que fiz, ou o que eles achavam errado.
Mas como toda adolescente inocente que acha que os pais nunca sabem nada  eu me enganei. Eles descobriram. E da pior forma possível; acredite, não tinha como piorar.
Minha mãe e meu pai sentem vergonha de mim.
Não tenho muito o que escrever por que estou péssima. MESMO.
E não vou escrever por um tempo, por que *por causa da mentira* estou de castigo. Juro que sempre, sempre que der peço pra alguém por mim, dar sinal de vira.

Sinto realmente como se esse blog fosse o único lugar que eu tivesse *e que é seguro ainda* pra desabafar e ser ouvida, dizer tudo o que eu sinto sem ser pisada, humilhada, e sim apoiada.
Sinto como se tivessem tirado um pedaço de mim. Pode ser forte. E é, mas, me sinto assim.

Acho que o tempo vai passar relativamente rápido. Vão me devolver meu pedaço, minha outra metade.
Vou voltar a ser eu mesma.
Mas até lá, vou me sentir quebrada, sem rumo, sem saber o que fazer.
Sem meu ponto de paz. (Adiós)

sábado, 14 de agosto de 2010

trust.

não. eu não vim aqui copiar uma postagem qeu vocês porventura viram em outro blog.
não. eu vim aqui para falar sobre confiança.
não confiança em si mesmos, afinal nem mesmo eu sei o que é isso.

confiança é algo que se demora anos para conquistar, e quando perdida pode ser para sempre.
confiança é algo que não podemos arriscar uma vez sequer. quanto menos várias vezes -como eu fiz.
é. vou falar sobre mim.
não tenho como julgar os outros não é mesmo ?
perdi a confiança -mais uma vez- da pessoa mais importante do mundo pra mim.
minha mãe.
é, ela mesma.
mãe é a mesma a sua vida toda, e isso não vai mudar nunca.
em nenhuma geração do futuro vai ser, nem do passado foi ou do presente é diferente.
mãe é uma só, e a confiança dela também.
por mais que ela te ame mais que tudo no mundo, a confiança dela é a mais difícil de se recuperar. mas porque ?
não sou nenhuma psicóloga, ou especialista no assunto mas digo que é por qeu ela te deu a luz!
foi ela que te pôs no mundo.
e se você tem coragem de trair a confiança da pessoa que te deu a vida, o que será que faria com pessoas que não tem aprentesco algum com você ?
é por isso que ela é a masi difícil de todas!
na maioria das vezes, quando você trai a confiança de uma amigo, colega, professor ou sei lá você pede desculpa, diz que se arrependeu, e promete que nunca mais vai repetir o erro -mesmo que não seja verdade.
mas você vai falar isso pra sua mãe ?
claro que vai. vai falar isso mas vai se sentir mal pra caramba. vai se sentir a pior pessoa do mundo, ou pior ainda -se é que é possível, mas você vai.
eu me senti assim essa semana.
ainda não acredito que fiz isso denovo. acho que já é a 5ª vez que faço isso, nem sei mais.
mas dessa vez foi diferente.
sabe quando você pensa: "dessa vez vou fazer do jeito certo, dentro das regras, do jeito certo!" ?
foi assim.
mas deu errado, DENOVO!
e nem foi na sexta-feira 13.
foi antes.
eu sei que posso confiar nela, e no meu pai, mas é estranho falar sobre garotos dentro de casa. principalmente por que todas as vezes que tento falar sobre isso com ela, ela me corta, fala que tá cedo demais, que não tenho cabeça pra isso, etc.
e agora por causa desse erro idiota:
-ela não confia mais em mim;
-acha que fiz 1001 coisas erradas;
-meu pai vai em matar;
-ela tem vergonha de mim;
-ela me acha um erro;
- e ele não fala mais comigo, oq ue é pior que tudo!
justo ele que tinha que me apoiar agora, nem um SMS eu não recebi, tweet, depoimento perguntando se eu estou bem. NADA!

não sei o que está contecendo, não sei o que faço, não sei se continuo vivendo, não sei se...
não sei se volto mais aqui.


pelo menos por um tempo.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Tentei te fazer feliz

Tentei te fazer feliz



Não foi minha culpa
Fiz tudo que podia
Suportei muitas mentiras
Que você mesmo dizia


E eu que ainda acreditava
Que apesar de me enganar
Sentia algo por mim, me amava
Mas não foi assim


Você conseguiu o que quis
Usou-me e jogou fora
Como se tudo o que passamos
Não fosse nada, nada


Eu te amava mais que tudo
O que diziam não me importava
Tapei os olhos e ouvidos
Só com você eu ficava


Agora que me deixou jogada ao vento
Mergulhada na solidão
Sem qualquer esperança
Perdida nessa imensidão


Não vou mais chorar por você
Nem lamentar o que passou
Levantarei a cabeça
E lhe mostrarei que meu mundo mudou


Créditos à:
Israel Augusto Dragone
Escrito em: 21 de Abril de 2010

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

férias ?

ta, eu JURO que esse é meu último post sobre essas férias!
na verdade, não é exatamente sobre as férias, mas sobre o que aconteceu ontem a tarde !!

"Era uma vez, uma bela tarde de Domingo.
Uma família comum de 4 pessoas *pai, mãe, e 2 duas filhas*
saiu para dar um passeio."
beleza, chega de fairytale e vamos a comédia história de verdade!

Fui pra campinas ontem, com meus pais, minha irmã e minha amiga Natália
(do blog Eu sei que não estou só! http://nataliacamposalves.blogspot.com/ )
enfim, passeamos, nos divertimos, perseguimos argentinos *e perdemos eles, mas beleza*
maaaaas, a melhor parte foi a hora de ir embora!
POR QUE ??
por que o carro quebrou!
éé! ele quebrou..
como viemos embora ?
de GUINCHO !
(se vc lê meu twitter já deve ter visto meus tweets sobre isso.. )
enfim, não cabia nós 5 na cabine do guincho, então eu a naty e minha irmã viemos dentro do carro *lembrando que o mesmo estava EM CIMA DO GUINCHO!!!*
na hora que o carro estava subindo, parecia uma montanha russa em velocidade MEGA LENTA *O*
uma vez lá em cima, a gente tinha que ficar deitadas, e nem podíamos gritar!
a gente fico conversando né, e ouvindo rádio!
uns 15 minutos depois tava o maior tédio, e minha irmã dá uma grande idéia:
"geente, vc's sabiam que o símbolo do Carrefur -não é assim que escreve tá?- é um C ?"
não aline! mas obrigada por nos dizer que é um C !
ANTA!
te amo aline!
grande idéia né ?
maior tédio 90% da 'viagem' e eu tive uma idéia!
"naty, vamo colocar as luzinhas do celular na janela pro caminhão do laado ver ?"
"vaaamos" - responde a naty
mandamos ver!
se a polícia visse o motorista do guincho se ferrava!
e a gente liga? NÃO!
wherever
chegamos em casa bem, mas foi demais essa viagem!
tweets - rendeu  vários
post - esse aqui éer.

aah, é isso ai galera!
acho que só vou postar de vez em quando agora.
aulas e tudo o mais..

Beeeijos&beeeliscos S22'